Miami

Viajando Para Miami

Miami-Beach

Tem gente que diz que viajar é uma das melhores coisas para dar um ânimo novo à vida. De fato, conhecer um lugar novo, com novas raízes culturais e novas possibilidades é muito bom e um desses lugares para viajar é Miami. Entretanto, viajar para Miami pede planejamento e é isso que será discutido neste texto.

 

Miami: mais que compras

 

Ao se falar em viajar para Miami, pode aparecer na cabeça das pessoas a palavra COMPRAS. Realmente, as compras são o ponto forte de Miami, mas essa não é a única atividade que pode ser aproveitada na cidade. Existem muitas coisas que podem ser feitas e que muita gente nem sabe.

 

Castelo de Coral

 

Essa é uma opção para quem gosta de conhecer lugares exóticos. O Castelo de Coral recebe muitas visitas e oferece um visual muito interessante. O que deixa as pessoas intrigadas com relação a esse lugar é a sua criação e também alguns aspectos estruturais.

 

Memorial do Holocausto

 

Para quem aprecia História, o Memorial do Holocausto permite a reflexão a respeito do triste episódio, além de trazer muitas informações relevantes. Observar cada escultura e cada espaço é importante, pois são elementos menores que constroem os maiores e a mensagem que o memorial deseja que seja percebida pelo visitante.

 

O visto para visitar Miami

Muitos países são bem atentos com quem entre em suas terras e os Estados Unidos também o são. Por isso, ter o visto americano é essencial para os aspirantes a turista em Miami. O visto é emitido pela embaixada americana, sendo necessário marcar um dia para fazer a entrevista e preparar o bolso, pois é preciso pagar $160.

O site da embaixada é http://portuguese.brazil.usembassy.gov/ e é lá que a entrevista será agendada. O candidato a visto não deverá mentir nenhuma informação que a embaixada solicitar, pois isso pode ser considerado bastante suspeito. Além disso, eles podem solicitar registros bancários para ter certeza de que o viajante poderá consumir no país, o que justifica o visto de turismo. Os registros bancários pedidos podem ser de até três meses.

É muito comum que as pessoas tenham o visto negado nas primeiras vezes, mas isso não deve ser motivo para desanimar. Marcar uma nova entrevista, preparar-se mais e planejar melhor a viagem são as melhores atitudes a tomar caso isso aconteça.

 

Antes do visto, o passaporte.

 

Para viajar por estados dentro do Brasil, os passageiros não precisam apresentar passaporte. Porém, para sair do território brasileiro, o passaporte é uma exigência e sem ele é impossível conseguir um visto. Quem fornece os passaportes é a Polícia Federal. No link https://servicos.dpf.gov.br/sinpa/home.do, o cidadão pode começar a solicitação de passaporte.

Há um formulário a ser preenchido e, como no visto, uma taxa. No entanto, o valor da taxa do passaporte é mais baixo. Uma visita ao posto da Polícia Federal será agendada e depois disso o cidadão apenas precisará aguardar que o passaporte seja enviado.

 

O planejamento prévio para ter tranquilidade

 

Não importa se a pessoa já tem passaporte e visto ou se precisa tirar tudo pela primeira vez: tudo precisa ser pensado por um tempo razoável. Os documentos demoram um pouco para serem conseguidos, hás gasto de dinheiro e não se pode definir a viagem sem ter tudo em mãos.

 

Como viajar e gastar menos dinheiro

 

Quem viaja sozinho pode gastar menos quando já está em Miami. Afinal, os gastos correspondem a uma pessoa. No entanto, a viagem em si pode ser muito barateada quando mais pessoas viajam juntas. Muitas agências vendem pacotes já com hospedagem e guias turísticos e os pacotes com mais turistas acabam ficando mais baratos individualmente, pois o valor é rateado.

Ir com um pacote ainda é a forma mais fácil de viajar. Caso contrário, o turista precisará pesquisar onde ficar e muitos não possuem conhecimento o bastante para isso. Por isso, aproveitar os conhecimentos das agências facilita, desde que a agência seja séria. Para não cair em um golpe, aqueles que pretendem viajar para Miami precisam conhecer os antecedentes da agência.

 

As companhias de viagem que fazem voos para Miami devem ser analisadas

 

Antes de viajar para Miami, os cidadãos precisam fazer também uma boa pesquisa com relação às companhias de viagem. Assim como acontece com as agências, existem companhias com opiniões melhores ou piores referentes ao serviço que é prestado.

Também é interessante avaliar as diferenças ligadas ao preço: não comprar passagens pela primeira companhia ajuda a fazer com que a viagem custe menos. É preciso saber que não há voos que vão sem escalas para Miami. Todos param em algum lugar, havendo alguns que fazem mais de uma escala. Tanto a agência quanto a companhia de viagens precisam dar essas informações de forma bastante clara.

 

Cuidado com a mercadoria que é trazida

 

A alfândega leva muito a sério os produtos que são trazidos de fora e isso inclui Miami. Quando, ao todo, o valor é menor que $500,00, não é necessário arcar com taxas. Quando superior, sim. Isso em caso de viagens feitas de avião e também de navio.

Há uma declaração que precisa ser feita sobre os itens que constam na bagagem, ou seja, o que foi comprado, e quantas unidades. Essa declaração deve ser preenchida de forma totalmente verdadeira, pois mentir na alfândega causa graves problemas para o viajante.

 

O momento de comprar em Miami

 

Mesmo que as pessoas aproveitem outros passeios, é claro que quase ninguém vai a Miami e volta sem trazer nada. É necessário atenção aos impostos: há valores bem altos que acabam causando prejuízo. Também não se deve comprar apenas por estar em Miami: há produtos que saem muito mais baratos no Brasil, por exemplo, ou com um preço similar.

Por isso, melhor gastar os dólares com algo que esteja mesmo mais barato. Alguns dos bons lugares para comprar em Miami são: Sawgrass, Dadeland Mall, Victoria’s Secret, T.J.Maxx, Apple, Ross e Adidas. Há lojas interessantes nas ruas e nos centros comerciais.

Compartilhe...Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on LinkedIn0

Deixe um comentário

Click here to post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *